Estrias.

Você está na categoria » Tratamentos
estrias.

As estrias são lesões decorrentes da degeneração das fibras elásticas da pele sendo comum o surgimento durante a puberdade, também na obesidade e na gravidez. O uso prolongado e em altas doses de corticosteróides pode levar à formação de estrias como efeito colateral.
As estrias podem surgir em ambos os sexos, mas é mais frequente no sexo feminino.
São lesões lineares, que podem variar de 1 a vários centímetros de extensão. Surgem principalmente nas coxas, nádegas, abdomem (gravidez) e dorso do tronco (homens). Inicialmente as lesões são avermelhadas ou róseas evoluindo mais tarde para uma tonalidade esbranquiçada.

Tratamento.
Para evitar as estrias recomenda-se a hidratação intensa da pele com cremes e loções hidratantes apropriados, principalmente em pessoas com histórico familiar de estrias e que estejam em fase de crescimento intenso ou aumento de peso.
O tratamento visa melhorar o aspecto estético estimulando a formação de tecido colágeno nas lesões. Para isso várias técnicas podem ser empregadas e iremos conseguir um melhor resultado  com  a combinação de vários tratamentos em um mesmo paciente.

Na clínica oferecemos uma combinação que envolve

Laser: Fracionado iPixel

O laser vai atuar em ambas as fases. Na fase avermelhada, ele provoca um fechamento dos pequenos vasos sanguíneos e estimula a formação de um novo colágeno, dando à estria uma tonalidade próxima a da pele e uma diminuição do seu tamanho.

Já na fase esbranquiçada, o laser vai atuar basicamente estimulando um novo colágeno, visando a diminuição do seu tamanho.

Quando o laser é associado a outras terapias, este resultado se torna potencializado e a chance de sucesso aumenta muito.

Microdermoabrasão

o lixamento das estrias provoca reação semelhante à dos peelings, com formação de colágeno mas com a vantagem de regularizar a superfície da pele, que ganha mais uniformidade, ficando mais semelhante à pele ao redor.

Peeling-quimico

os peelings tem a mesma ação dos ácidos, no entanto, de uma forma mais acelerada e intensa, geralmente levando a um melhor resultado. Também deve ser evitada a exposição solar.subcisão (subcision): esta técnica consiste na introdução de uma agulha grossa, com ponta cortante, ao longo e por baixo da estria, com movimentos de ida e volta. O trauma causado leva à formação de tecido colágeno no local, que preenche a área onde o tecido estava degenerado. Provoca equimose (mancha roxa), que faz parte do tratamento, pois a reorganização do sangue também dá origem à formação de colágeno.

Carboxiterapia
Microagulhamento

Procure um médico da sua confiança. O seu dermatologista poderá te orientar sobre os melhores tratamentos.

Por: Ronis Silva CRM-TO 2787.

Veja também: Tratamento de flacidez.

Contato: (63) 3214-5536.

 

Siga Dr. Ronis Silva no Instagram

Siga Dr. Ronis Silva no Instagram